• Home
  • /
  • Dicas Maníacas
  • /
  • Resenhas
  • /
  • Parcerias
  • /
  • Novidades
  • /
  • Filmes
  • /
  • Sobre
  • /
  • Contato
  • Resenha: Rebelde / Um mundo novo~ Nora Roberts


    Livro: Rebelde/  Um mundo novo
    Autor: Nora Roberts
    Editora: Harlequin
    Físico: Saraiva


    Sinopse: AS MULHERES MACGREGOR SÃO CONHECIDAS PELO TEMPERAMENTO EXPLOSIVO E POR SEREM DESTEMIDAS, TEIMOSAS E LINDAS! MAS ELAS TAMBÉM SÃO APAIXONADAS E LUTARÃO ATÉ O FIM POR SUA FAMÍLIA E PELOS HOMENS QUE AMAM.No século XVIII, uma época em que combates sangrentos eram travados em nome da honra, as mulheres MacGregor passaram por muitas dificuldades para defender sua família. Em meio a tudo isso, duas integrantes do clã se destacam. Serena MacGregor acaba se envolvendo com um suposto inimigo, o inglês Brigham Langston. Encontrar dentro de si o que será necessário para viver esse amor exigirá muita coragem... mas isso é algo que Serena tem de sobra.Anos depois, o jovem soldado Ian MacGregor se vê à beira da morte e acaba encontrando Alanna Flynn, que além de salvar sua vida o ensinará que, às vezes, as maiores batalhas que enfrentamos são aquelas que ocorrem em nossos corações.Em Rebelde e Um mundo novo, Nora Roberts nos encanta com o passado da família MacGregor, mostrando que, independentemente dos lados no campo de batalha, quando se trata de amor ele sempre vencerá.


    ~Resenha~

    Olá maníacos!

    Hoje eu trouxe um livro que é totalmente diferente dos que venho resenhando para vocês. Confesso que não é um gênero que tenho o hábito de ler mas como esse ano me propus a ler coisas fora da minha zona de conforto, romance de época estava no topo da lista.  E nada melhor que me aventurar entre vestidos vitorianos com a Nora Roberts. Eu sou fã dela há anos. Tenho vários livros de banca da Nora mas nenhum de época. E como adoro a forma como ela escreve achei melhor começar lendo algo dela. Afinal diva é diva, seja com CEO, cowboy ou lordes ingleses.

    Serena passou por grande um trauma quando era apenas uma criança. Ver sua mãe sendo humilhada da pior forma possível a fez odiar os homens, principalmente os ingleses. Para ela, eles só querem tomar tudo que pertence a sua família. E quando seu irmão volta para casa quase morto junto com o inglês Brigham ela não consegue esconder o ódio e a repulsa imediata que sente por ele. Mesmo ele sendo lindo e chamoso, ele continua sendo um inglês.

    Brigham resolve acompanhar seu melhor amigo Coll até sua casa para ajudar nos conflitos políticos em que está envolvido. Devido as longas conversas com seu amigo ele conhece a fama de sua irmã, uma mulher arrisca e boa de se olhar. Mas quando ele a vê pessoalmente se descobre encantado pela sua beleza e seu temperamento indocil. A tentação de provoca-la é irresistível e ele se vê preso entre esses olhos verdes e cabelos ruivos. Domar Selena não será fácil mas com certeza muito prazeroso.

    Apesar do livro ser de época usa jargões fáceis de compreender tornando a leitura bem prazerosa e fluída. A forma como a autora descreve os costumes e cenários torna muito fácil visualizar todas as locações e situações propostas. Mesmo quem não tem o costume de ler esse tipo de literatura se encantará com o livro. Eu tinha uma visão bem limitada sobre esses romances, principalmente por achar que o desenrolar da história seria lento e cheio de falas floridas mas Rebelde acabou com todos os mitos. A história tem um ritmo incrível que nos instiga a saber qual será o próximo passo de Brigham e a reação de Selena. Esse clima de morde e assopra torna o livro muito divertido e cativante. É impossível não rir com os diálogos e a forma com que todos se referem a ela. Posso dizer seguramente que Selena é de longe a estrela de livro.

    A postura e Independência de Selena mostra de forma realista como as mulheres sofriam na época. Essa cobrança de que toda mulher tem que se casar, constituir família e se comportar como uma dama realmente não é para ela. E justamente por isso ela reluta muito em aceitar seus sentimentos por Brigham. Além do fato dele ser inglês é lógico. Ela o vê como um inimigo. E o livro, pelo menos para mim, deixa implícito que o casamento seria como colocar um freio em sua vida. Ela valoriza muito sua liberdade e seu direito de ir e vir. Ela não se importa em vestir calças para andar a cavalo e correr por aí. E menos ainda quando precisa impor sua vontade e dar sua opinião. Por esse motivo ela se torna uma personagem apaixonante. Mesmo sendo cabeça dura ela é muito generosa e defende com unhas e dentes as pessoas que ama.

    Brigham apesar de ser um lorde inglês ele é muito humilde e prestativo. E por esse motivo ele não aceita de bom grado os insultos infundados de Selena. E por ela ter esse gênio indomável, desperta um desejo incontrolável de atiça-la. A forma como ele sempre a provoca é o ponto alto do livro. As brigas são sempre muito intensas e conseguimos sentir a química que rola entre eles. Por Selena ter esse temperamento difícil e sua guarda sempre levantada ele percebe que a única forma de se aproximar dela é a provocando. É lógico e  maneira mais divertida também. Ela é diferente de todas as mulheres que ele já conheceu, tornando impossível não se apaixonar por ela. E nessa briga de gato e rato somos arrastados para a história e não levamos até encontrar o felizes para sempre.

    O livro também possui também uma outra história sobre o passado da família que também é brilhantemente escrito.

    Se você ama livros de época não pode perder essa edição maravilhosa que a Harlequin criou. E se você  como eu quer conhecer melhor os romances de época essa história é uma excelente escolha.

    Enjoy

    1 Comentários :

    1. Eu também tô me aventurando mais nesses romances de época e tô gostando bastante! Por isso, já coloquei esse na lista também <3

      ResponderExcluir

    Obrigado por comentar...